terça-feira, 31 de janeiro de 2012

"Na educação, não são as horas trabalhadas que promovem 


diferença, mas a intensidade, a clareza e o direcionamento que


 é dado a estas horas."

A Menina Que Odiava Livros

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012


CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS LEITORES

Pré- leitor – Primeira infância ( 15 meses aos 03 anos)
A criança inicia o conhecimento da realidade que a rodeia, estimulada pelos contatos afetivos. É a chamada fase da “invenção da mão” , com o impulso básico de pegar tudo que estiver ao alcance. É o momento que conquista a própria linguagem e nomeia o que está à sua volta.


Segunda Infância ( a partir dos 3 anos ) – É a fase em que começam a predominar os valores vitais, referentes à saúde, e sensoriais, especialmente quanto à afetividade. É um período egocêntrico e de interesses pelos jogos e brincadeiras. Há impulso crescente de adaptação ao meio físico e novas formas de comunicação verbal.


Dos 6 aos 7 anos – Vivência da leitura com reconhecimento dos signos do alfabeto e das sílabas. É o início da racionalização da realidade, com maior socialização nos grupos da escola e da comunidade.


Dos 8 aos 9 anos – Domínio do mecanismo de leitura de textos, com maior interesse pelo conhecimento de coisas novas. Há maior atração pelos desafios da vida , com questionamentos sobre a natureza. A presença do adulto ainda é importante para motivar a leitura.


Dos 10 aos 11 anos – Fase da consolidação do mecanismo da leitura e da compreensão do mundo expressa no livro. A leitura estimula a reflexão, com maior capacidade de concentração e engajamento na experiência narrada.


Dos 12 aos 13 anos – Há total domínio da leitura, com capacidade de reflexão em maior profundidade. É a fase de desenvolvimento do pensamento reflexivo e crítico, com agilidade da escrita criativa. A ânsia de viver funde-se com a ânsia do saber pela auto-realização. O/a adolescente abre-se para o mundo e entra em relação próxima com o outro. É época de transformação, de contato maior com o mundo, levando a muitos questionamentos e posições radicais. A leitura permite uma identificação com o mundo o encontro com realidades diversas mas convergentes que poderão levar à afirmação como pessoa cidadã.


Superação!


              A vontade de superar os obstáculos e a perseverança na travessia nos faz vencedores.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

LENINE ,UM GRANDE POETA!


Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...
Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para...
A vida não para...

REFLEXOES SOBRE A PROVINHA BRASIL FEITA POR ESPECIALISTAS.


Amaury Grenaldi, diretor de Avaliação para a Educação Básica do MEC, diz que:
“Nossa idéia é criar parâmetros mínimos e comuns de avaliação para as séries iniciais do Ensino Fundamental.”
Importante quando pensamos no tamanho deste país e nas grandes diferenças curriculares que existem.
A professora Esther Grossi do Geempa, considera a avaliação inadequada. Entre os seus argumentos:
“Infelizmente, a Provinha tem várias inadequações. Em primeiro lugar, ela reflete a idéia de que se aprende do mais fácil ao mais difícil, do ponto de vista do conteúdo, e não por meio de campos conceituais. (...) A lógica dos níveis da Provinha Brasil não tem nada a ver com essas formulações científicas, já amplamente aceitas mundo afora. O mesmo vale para os descritores de habilidades da Provinha, porque o campo conceitual da Alfabetização não ordena o conhecimento da escrita e da leitura primeiro de palavras ou de letras, para só depois chegar aos textos.(...) Em segundo lugar, a alfabetização considerada como a competência básica mínima de entrada no mundo da escrita pode e deve ocorrer em um ano letivo. É um equívoco de graves conseqüências práticas o prolongamento do tempo de alfabetização para dois anos.”
Cisele Ortiz, psicóloga e formadora do Instituto Avisalá, dia que aProvinha Brasil é uma boa tentativa de começarmos a fazer o diagnóstico da alfabetização nas séries iniciais:
“Por meio dela, os professores terão chance de saber como está o nível da turma e também terão uma idéia de que tipo de proposta podem realizar com base nos resultados. É importante destacar o caráter pedagógico da avaliação. A finalidade não é classificar as crianças, mas orientar as ações pedagógicas do professor com sua turma, do coordenador com seus professores e do gestor com sua escola. Prioritário nesse sistema de avaliação é assegurar que o resultado da avaliação seja considerado na construção de uma política pública de formação para o professor, forma mais eficiente de melhorar a qualidade do ensino e, logo, os impactos na aprendizagem.”
A equipe do Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária (CEDAC), afirma que:
“O principal mérito da Provinha Brasil é o fato de que a avaliação dos saberes dos estudantes é vista como um subsídio para o planejamento do ensino, de modo a atender às reais necessidades dos alunos, identificadas por meio da análise dos resultados obtidos. (...) O fato de que gestores escolares e outros profissionais - como os coordenadores pedagógicos ou supervisores - estejam envolvidos no processo, desde a discussão que precede à aplicação, na qual se pode conhecer o objetivo e as características da avaliação, até o momento de tomadas de decisões coletivas com base na análise dos resultados, é outro aspecto que nos parece potencialmente produtivo. (...)Por fim, mencionamos outro aspecto positivo: o fato de que no documento Provinha Brasil - Reflexões sobre a Prática são oferecidas aos professores e gestores orientações referentes ao que fazer após a análise dos resultados – evidenciando-se a intenção de que o instrumento de fato cumpra uma função diagnóstica que necessita ter continuidade com a realização de outras ações variadas e articuladas.”
Essas são algumas idéias dos especialistas.Com qual você concorda? Eu concordo com a da  da Ester!E você?  Para ler a reportagem na integra, clique aqui.
Para saber mais sobre a Provinha Brasilclique aqui.

QUE LEGAL! PROVINHA BRASIL!

OBJETIVOS DA PROVINHA BRASIL.

sábado, 21 de janeiro de 2012

EDUCAÇÃO


A PROVINHA BRASIL E A PROVA DO SPAECE SERÃO EM FEVEREIRO.VAMOS ESTUDAR CRIANÇAS?

VIDA !

Pensamento do dia


Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível.
Charles Chaplin

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Pensamento do dia


Dupla delícia/ O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.
Mário Quintana

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Analisando e avaliando!

A minha reação ao ler os textos abaixo não é esta como a da figura,farei as intervenções alfabetizando-os  gradualmente.As correções serão consequências naturais do aprender com prazer.Porque o aprender estará em constante construção,se as condições forem adequadas Não corrijo-os de imediato pois temo consequências aversivas no futuro.Isso será um processo natural e agradável.
NOTA 10, para Lavínia e Cauan, pela criação de um texto espontâneo.
                                                                                                 Profª Débora  ( 2º Ano)  

o menino e a menina que se adoravam





era uma vez um menino que ele era muito solitario quado foi um dia ele emcotro uma menina na escola ela pegou na mão dele na bibilhoteca ele como agradesimeto  deu um beijo na bochecha mais quado foi um dia ela não quis mais fala com ele depois de muitos dias ele pedio ela para namora ela aceito mais quando os pais dele descobrim não deixaram os dois ficarem jumtos mais quando eles viram como ele adoravam um ao otro emtao os pais deles namora em paz e os dois viveram feliz para sempre.

cauan cardoso dos santos      8 anos         2 ano

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

SPAECE

O SPAECE VEM AÍ! PREPARE-SE PARA AUMENTAR O NOSSO IDEB!
Titulo amemina muito branca




Era uma vez uma menina muito branca que todo mudo chamava ela de branca de meve e um dia ela discubril que ela era uma princesa muita bela e ficou muito felis e todo mudo ficou CE pergu tando u quedeu mela ELA ERA MUITO TRISTE FIM
lavimia ano8

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A CIDADE FELIZ

ERA UMA VEZ UMA CIDADE MUITO FELIZ LÁ NÃO TINHA BRIGA TODO MUNDO ERA NA PAZ.
SEMPRE QUANDO ALGUMA VIZINHA IA SAIR NINGUÉM PRECISAVA SE PEOCUPAR NÃO TINHA ASSALTO,NEM NADA.TODO MUNDO FICAVA NO SEU CANTINHO QUIETO.AS CRIANÇAS PODERIAM BRINCAR NA RUA.TODO MUNDO PODIA SAIR DE JÓIAS.NINGUÉM ROUBAVA POIS TODO MUNDO ERA AMIGO.LÁ ERA UMA CIDADE TÃO BOA QUE QUASE TODO MUNDO IA PRA LÁ.ATÉ OS BEBEZINHOS SAIAM DE JÓIA,ELES NÃO CHORAVAM NEM NADA,SÓ SABIAM SORRIR,ATÉ PARA BEBER UM MINGAU ELES NÃO CHORAVAM E FOI ASSIM QUE A CIDADE SE TORNAVA MAIS BELA.
                                              FIM
LAVINIA  8 ANOS, 2° ano (blogueira mirim do A.N.ANTENADO.BLOGSPOT.COM)

PENSAMENTOS DE MARIO QUINTANA




Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem.


Mário de Miranda Quintana foi um poeta, tradutor e jornalista brasileiro. Nasceu em Alegrete na noite de 30 de julho de 1906 e faleceu em Porto Alegre, em 5 de maio de 1994.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

COMO CRIAR UM CRIMINOSO



Eis a receita, segundo a chefia de polícia de Houston, Texas:

1. Desde pequeno, dê ao seu filho tudo o que ele deseja.
2. Ache graça quando seu filho disser palavrões, pois assim ele ficará convencido da sua originalidade.
3. Não lhe dê orientação espiritual. Espere que ele mesmo escolha “sua religião” depois dos 21 anos de idade.
4. Nunca lhe diga que ele fez algo errado, pois isso poderia deixá-lo com complexo de culpa.
5. Deixe que seu filho leia o que quiser. A louça deve ser esterilizada, mas o espírito dele pode ser alimentado com lixo.
6. Arrume pacientemente tudo que ele deixar jogado: livros, sapatos, meias. Coloque tudo em seu lugar. Assim ele se acostumará a transferir a responsabilidade sempre para os outros.
7. Discuta frequentemente diante dele, para que mais tarde ele não fique chocado quando a família se desestruturar.
8. Dê-lhe tudo em comida, bebida e conforto que o coração dele desejar. Leia cada desejo nos seus olhos! Recusas poderiam ter perigosas frustrações por conseqüência.
9. Defenda-o sempre contra os vizinhos, professores e a polícia; todos têm algo contra seu filho!
10. Prepare-se para uma vida sem alegrias — pois é exatamente isso que o espera!
Não ter recurso algum também não é motivo para tornar-se marginal.Há muitos pobres que ascendem socialmente através da Educação.

domingo, 15 de janeiro de 2012

Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce. Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido. (Salmos 103:15-16)


Life of flowers (Жизнь цветов) from VOROBYOFF PRODUCTION on Vimeo.
Porque Toda a carne é como a erva, e toda a glória do homem como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor. (I Pedro 1:24) 
Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece. (Tiago 4:14) 

As arraias acrobatas e os pelicanos!

META PARA 2012.

LEIA 5  LIVROS POR ANO ! PARECE POUCO ,MAS VOCÊ VAI GOSTAR TANTO,QUE EM POUCO TEMPO SERÃO MUITOS. 

sábado, 14 de janeiro de 2012


O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem..

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Poesia de Guimarães Rosa




  Ah, não; amigo, para mim, é diferente. Não é um ajuste de um dar serviço ao outro, e receber, e saírem por este mundo, barganhando ajudas, ainda que sendo com o fazer a injustiça dos demais. Amigo, para mim, é só isto: é a pessoa com quem a gente gosta de conversar, do igual o igual, desarmado. O de que um tira prazer de estar próximo. Só isto, quase; e os todos sacrifícios. Ou - amigo - é que a gente seja, mas sem precisar de saber o por quê é que é."[trecho extraído do livro "Grande Sertão Veredas", de João Guimarães Rosa]
Renomado escritor brasileiro, que trabalhou como médico e diplomata.Sua principal obra,Grande Sertão:Veredas,é considerada um marco em virtude         da linguagem inovadora utilizada.

                  

   

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012


          A Criança e a Escrita



"É muito importante trabalhar na Escola com o nome da criança, pois é a sua identidade, é o que representa a sua existência como pessoa e marca a sua presença no grupo.
Nós educadores, devemos proporcionar à criança o convívio com a escrita do seu nome. Geralmente, a primeira coisa que a criança aprende a escrever é o seu nome, o que passa a ser um modelo de escrita, onde terá informações sobre as letras, assim como suas formas, quantidades, variedades, posições e ordens das letras, sem contar que a escrita do seu nome serve como um ponto de referência para a criança.
Existem muitas atividades que dão a oportunidade à criança de um contato com o seu nome, pois para ela é fundamental saber que existe um nome que a identifica. Aos poucos, participando em atividades que trabalhem as letras do seu nome, a criança conseguirá não somente escrevê-lo, mas também saberá reconhecer o dos seus colegas. Logo, identificará as letras que formam seu nome e o reconhecerá mesmo tendo vários outros misturados com o seu.
As atividades exigem do professor, uma dose de paciência, calma, e, acima de tudo, incentivo aos pequenos, pois para eles, assim como para os adultos, todas as descobertas são novidades e tudo o que é novo gera conflitos, dúvidas e incertezas. Por isso, o professor deve acreditar na capacidade que o aluno tem em aprender, e dedicar-se a ele, ajudando-o quando necessário. Não se pode esquecer que o professor nunca deverá dar respostas prontas, e sim ser o mediador, levando o aluno a pensar."
 
Autor Desconhecido

Seguidores